Site da USP
Fale conoscoFacebook

PPGF desenvolve convênio PROCAD/CAPES – USP, UFG e UFSM

Nascente do Rio Jacuí (Fonte: http://www.coaju.com.br/)

Foi firmado convênio PROCAD/CAPES entre a Universidade de São Paulo, Universidade Federal de Santa Maria e Universidade Federal de Goiás (Jataí). O coordenador do convênio, Professor Emerson Galvani, nos explica um pouco sobre esta oportunidade de cooperação e seus desdobramentos.

FB_IMG_1475006353837

Da esquerda para a direita, os professores João Batista Cabral (UFG/Jataí), Emerson Galvani (USP), Waterloo Pereira Filho (UFSM), Eliane Maria Foleto (UFSM), Cássio Arthur Wollmann (UFSM) e Zilda de Fátima Mariano (UFG/Jataí).

PPGF: Professor Emerson fale um pouco sobre o que é o PROCAD?

Emerson Galvani (EG): O convênio PROCAD/CAPES (Programa Nacional de Cooperação Acadêmica) baseado no Edital 071/2013 é uma possibilidade de integração de três instituições, que tem como objetivo apoiar projetos conjuntos de ensino e pesquisa, em instituições distintas, que estimulem a formação pós-graduada e, de maneira complementar a graduada, e também a mobilidade docente e discente. O Programa atende ao disposto no Plano Nacional de Pós-Graduação 2011-2020, o qual prevê ações que visem à diminuição das assimetrias regionais observadas no Sistema Nacional de Pós-Graduação – SNPG (Fonte: www.capes.gov.br, Acesso em: 18 de setembro de 2016).

PPGF: Quais as instituições parceiras de projeto com a USP?

EG: A Universidade de São Paulo (USP) é a instituição Coordenadora e Universidade Federal de Santa (UFSM) e a Universidade Federal de Goiás – UFG (Jataí) são as instituições associadas. A premissa da proposta é que os programas tenham notas, na avaliação CAPES, superior ao cinco (05) (IES Coordenadora ) e as demais, notas três ou quatro (IES Associadas).

PPGF: Qual o tema desenvolvido e quais os objetivos desse projeto?

EG: O tema geral do projeto é Análise integrada de bacias hidrográficas: estudos comparativos com distintos usos e ocupação do solo. Tem como objetivo a integração e trocas de experiências entre os programas de pós-graduação em Geografia das instituições parceiras, além de viabilizar o intercâmbio entre docentes e discentes, fluxo de informações e um conjunto de atividades que representem o compartilhamento e complementaridade de ideias, metodologias, atividades e infraestrutura, viabilizando o desenvolvimento de novos conhecimentos científicos e tecnológico na análise de bacias hidrográficas e integridade ambiental de sistemas aquáticos, terrestres e climáticos. O programa de atividades pressupõe o intercâmbio de alunos de Iniciação Científica, Mestrandos e Doutorandos, assim como a possibilidade de realização de estágio pós-doutoral junto às instituições participantes do projeto, contando, inclusive, com duas bolsas de pós-doutorado aprovadas para 2017 e mais duas para 2018. O recurso total aprovado totaliza R$ 699.000,00 divididos em quatro anos.

PPGF: Quais atividades já foram efetivamente desenvolvidas no âmbito do projeto?

EG: Os pesquisadores têm autonomia para desenvolver as atividades previstas no projeto em conjunto com seus orientandos de Iniciação Científica, Mestrandos, Doutorandos e Pós-Doutorandos. Realizamos entre os dias 23 e 24 de setembro de 2016 em Santa Maria, RS, na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), o primeiro Workshop dos pesquisadores do projeto PROCAD. Foram dois dias de atividades. No primeiro dia, foram feitas as apresentações dos resultados das pesquisas, totalizando 28 apresentações. Os trabalhos apresentados serão publicados em um Volume Especial da Revista Ciência e Natura editada e publicada pelo Centro de Ciências Naturais e Exatas da Universidade Federal de Santa Maria, com publicação prevista para Julho de 2017. O próximo Workshop será realizado na Universidade Federal de Goiás (UFG) em Jataí, GO. Temos um longo e prazeroso trabalho pela frente com finalização prevista para 2020.

FB_IMG_1475006350440

Equipe do PROCAD

capes