Discriminações nossas de cada dia: vamos desenhar? 2018

05/07/2019

As alunas, funcionárias e professoras sofrem discriminações no ambiente universitário, simplesmente por serem mulheres. Algumas evidentes, outras veladas. Discriminações que variam conforme a idade, o lugar, a cor, a classe. Ou que se sobrepõem.

Alunas, Funcionárias e professoras discutindo as violências vivenciadas diariamente na Universidade.

 

Alunas, funcionárias e professoras reunidas para debater as violências e discriminações vividas na universidade.

Nessa mesa alunas, funcionárias e professoras , didaticamente, falaram sobre esse quadro. Pois falar é dar visibilidade. E dar visibilidade é combater. As Debatedoras foram Andrea Guerra, Anna Guedes, Cláudia Lago, Ivone Vantini, Mayara Paixão e Luiza Alves. O evento aconteceu no dia  21 de março, às 17 hs, no Auditório Freitas Nobre, do CJE.

 

 

 

 

Da esquerda para direita, Mayara Paixão, Claudia Lago e Thaise Desirree.

A Mesa é uma iniciativa do Diversidade na ECA, CALC (Centro Acadêmico Lupe Cotrim – ECA USP), Coletivo Feminista da ECA USP e Coletivo Opá Negra ECA USP. Na ocasião, também foi lembrado da morte de Marielle Franco, Vereadora no Rio de Janeiro, socióloga, política, feminista e defensora dos direitos humanos. Foi assassinada a tiros junto de seu motorista, Anderson Pedro Mathias Gomes, tendo hipóteses de ser um crime político, ocasionado pelos temas levantados por Marielle, que incomodava o sistema e os poderosos.

 

 

Para acessar mais fotos do evento, clique no botão a seguir 

 

Arte de divulgação do evento.