Cátedra promove curso sobre políticas públicas para a educação básica

Cátedra Sérgio Henrique Ferreira, sediada no Polo Ribeirão Preto do IEA, realiza de 15 de julho a 25 de novembro o curso de atualização Políticas Públicas e a Qualidade da Educação Brasileira. O objetivo do curso é possibilitar uma atualização sobre as políticas públicas da educação no Brasil e esclarecer sobre novos temas educacionais que podem impactar diretamente na qualidade do ensino a partir de estudos e pesquisas. [Veja datas, professores e sinopes das aulas]

O curso é gratuito será ministrado de forma online via plataforma remota Zoom. Para se inscrever, o interessado deve ter concluído a graduação e ser gestor ou técnico vinculado a uma das secretarias municipais de educação do Estado de São Paulo  (será aceito apenas um representante por secretaria).

Entre os 20 especialistas de várias universidades e instituições que ministrarão aulas estão: Maria Helena Guimarães de Castro, presidente do Conselho Nacional de Educação, Priscila Cruz, presidente da organização Todos Pela Educação, Guiomar Namo de Melo, professora da PUC-SP e ex-professora visitante do IEA, Cláudia Costin, diretora-geral de Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais (Ceipe) da FGV e conselheira do IEA, e Naomar de Almeida Filho, ex-reitor da UFBA e, no IEA, professor visitante e titular da Cátedra de Educação Básica. A coordenação é de Mozart Neves Ramos, titular da Cátedra Sérgio Henrique Ferreira, e Antonio José da Costa Filho, coordenador do Polo Ribeirão Preto do IEA.

A carga horária será de 40 horas: 20 aulas de 1 hora e meia mais 10 horas para a produção de memorando de conclusão do curso. As inscrições devem ser feitas de 14 a 30 de junho, pelo Sistema Apolo da USP. Se o número de inscritos superar as 300 vagas disponíveis, haverá sorteio. A lista dos inscritos será divulgada no dia 25 de junho.

O certificado de participação no curso será fornecido a quem assistir a no mínimo 15 aulas e apresentar um memorando de até cinco páginas sobre os aspectos do curso que podem contribuir para a melhoria de suas atividades profissionais.

Contexto

Segundo os organizadores do curso, o advento da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) trouxe a necessidade de revisão das políticas de formação docente e do diretor escolar, o que implicou em revisões profundas nos marcos regulatórios em termos de novas diretrizes curriculares nacionais e de novas competências profissionais. Eles destacam haver “um grau significativo de desinformação acerca dessas novas políticas”.

Além disso, ressaltam que a pandemia de Covid-19 trouxe aspectos extremamente preocupantes quanto aos índices de aprendizagens escolares em todas as etapas da educação básica, com reflexos importantes na desigualdade educacional. “Torna-se, assim, relevante trazer estudos e pesquisas que possam contribuir para o devido enfrentamento dessas duas questões: quedas abruptas nas aprendizagens escolares e aumentos significativos nas desigualdades educacionais em decorrência doe cenário pandêmico.”

Mais informações sobre o curso: http://www.iea.usp.br/eventos/politicas-publicas-qualidade-educacao-basica

Texto de Mauro Bellesa / IEA-USP

VOCÊ PODE GOSTAR ...