Pseudociências e a responsabilidade dos cientistas

A propagação de práticas ligadas a pseudociências tem crescido na atualidade, trazendo preocupação ao meio científico. Para discutir a responsabilidade social do cientista e da universidade no combate à difusão desse tipo de informação, o Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto (IEA-RP) promove no dia 11 de abril, a partir das 14h30, no Espaço de Eventos do IEA-RP, a conferência “Pseudociências e a responsabilidade dos cientistas“.

Nele, a bióloga e fundadora do Instituto Questão de Ciência Natália Pasternak Taschner vai abordar a importância de divulgar corretamente os conceitos científicos à sociedade e aos governantes, para evitar situações preocupantes que vemos hoje, como o movimento antivacina ou até mesmo o uso de pseudociências na formulação de políticas públicas.

Natália Pasternak Taschner é bióloga e PhD com pós-doutorado em Microbiologia, na área de Genética Molecular de Bactérias, pela USP. Sócia-fundadora do blog de divulgação científica “Café na Bancada”, criou ainda a iniciativa “Cientistas Explicam”, que oferece palestras, aulas e oficinas para escolas, universidades, museus e institutos de pesquisa; é também fundadora do Instituto Questão de Ciência, que tem como objetivos apontar e corrigir a falsificação e a distorção do conhecimento científico na arena pública, promover a educação científica e apoiar o uso de evidências na formulação de políticas públicas. É ainda diretora no Brasil do festival internacional de divulgação científica Pint of Science, que leva palestras científicas a bares de mais de 80 cidades brasileiras.

O evento conta com o apoio da Rádio USP Ribeirão Preto.

 

Mais informações sobre o evento: iearp@usp.br ou (16) 3315 0368.

VOCÊ PODE GOSTAR ...