Seminário Cartografias do Contemporâneo: Crise, Conjuntura e o Problema do Comum

Compreender a atual crise político-econômica exige uma reflexão que passa por temas como o acelerado processo de globalização dos últimos 40 anos, as transformações em curso tanto no mercado quanto nos sistemas políticos e a intensificação da cultura do compartilhamento, processo trazido pela popularização da internet e das redes sociais.

Para contribuir com essa discussão, a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFLCRP) e o Programa de Pós-Graduação em Psicologia da USP Ribeirão Preto, em parceria com o Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto da USP promovem nos dias 22 e 23 de agosto, às 14h30, no Espaço de Eventos do IEA-RP, o seminário “Cartografias do Contemporâneo: Crise, Conjuntura e o Problema do Comum”.

As apresentações serão conduzidas pelos professores da FFCLRP-USP Reinaldo Furlan e Sérgio César da Fonseca, pelo pesquisador de pós-doutorado da USP Felipe Ziotti Narita e pelo professor da Unesp Assis Danilo Saretta Verissimo.

O evento vai abordar dimensões da crise contemporânea a partir de temas como globalização, neoliberalismo, razão instrumental e autonomização do sistema econômico. O horizonte do comum, composto pelos itens que são compartilhados pela sociedade, será tratado com ênfase na conjuntura brasileira e em seus impasses políticos e sociais.

O seminário é organizado pelos pesquisadores Reinaldo Furlan, Sérgio da Fonseca e Felipe Narita.

Download do material do seminário: Clique aqui

Mais informações: iearp@usp.br | (16) 3315 0368.

PALESTRANTES
Reinaldo Furlan: Possui doutorado em Filosofia pela Unicamp e realizou estágio de pós-doutoramento na Universidade Jean Moulin, Lyon 3, França. Atualmente é professor de filosofia no curso de psicologia (graduação e pós-graduação) da FFCLRP-USP. Suas pesquisas se concentram na filosofia francesa contemporânea. Seu projeto atual investiga, de um ponto de vista psicossocial, problemas e desafios da sociedade moderna contemporânea, em particular, o tipo de subjetividade produzida na forma de vida atual promovida pela expansão do neocapitalismo.

Sérgio César da Fonseca: possui pós-doutorado pela UFMG e doutorado em Educação pela Unesp. Atua como docente do Departamento de Educação, Informação e Comunicação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da FFCLRP-USP. É um dos líderes do Laboratório de Estudos e Pesquisas sobre Infância, Juventude e Educação da USP (LEPINJE).

Danilo Saretta Verissimo: possui doutorado em psicologia pela Universidade de São Paulo e em filosofia pela Université Jean Moulin – Lyon III, França. É professor assistente doutor no Departamento de Psicologia Social e Educacional da Faculdade de Ciências e Letras de Assis da Unesp e integra a linha de pesquisa “Epistemologia e Psicologia: a Relação Sujeito-Objeto” do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da mesma faculdade. Suas pesquisas são concentradas nas áreas de filosofia, epistemologia e história da psicologia; fenomenologia; percepção; cultura contemporânea; corpo; movimento; Merleau-Ponty; epistemologia do desenvolvimento humano; e psicologia da saúde.

Felipe Ziotti Narita: pesquisador de pós-doutorado da USP, com doutorado em História pela Unesp. Docente da pós-graduação na Unesp e da graduação no Centro Universitário Barão de Mauá e na FFCL. Pesquisador do Laboratório de Estudos e Pesquisas sobre Infância, Juventude e Educação da USP e do grupo “Historiar: narrativas identitárias, conceitos, linguagens” (CNPq). Suas pesquisas se concentram nas áreas: teoria social, modernidade, modernização e ideologia, história da educação, sociologia histórica, educação popular e políticas públicas em educação.

 

 

VOCÊ PODE GOSTAR ...