Seminário discute consumo e produção responsáveis

Seminário discute consumo e produção responsáveis

O Projeto Ribeirão Preto e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU promove nesta quarta, dia 19, a partir das 19h, a décima quarta edição de seus seminários temáticos. O tema será o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 12, sobre consumo e produção responsáveis. 

O evento será realizado presencialmente, no Anfiteatro da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto da USP, e terá transmissão on-line pelo canal da FDRP no YouTube. As inscrições podem ser feitas neste formulário. É obrigatória a apresentação de certificado vacinal de covid-19. Haverá envio de certificado para os participantes de ambas as modalidades.

Participam como debatedores a professora da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto da USP Maria Paula Bertran, que vai abordar a questão do crédito; as professoras da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos da USP Maria Teresa de Alvarenga Freire e Vivian Lara dos Santos Silva, que vão falar sobre a Rede All4Food, um ecossistema de inovação em alimentos e bebidas; o engenheiro civil da Secretaria Municipal de Infraestrutura de Ribeirão Preto Eduardo Marques, que vai discutir os ecopontos e o fortalecimento da economia circular; e o vereador da Câmara Municipal de Ribeirão Preto Marcos Papa, que vai debater o cenário da gestão dos resíduos sólidos em Ribeirão Preto. A coordenação da mesa é da professora da FDRP Iara Pereira Ribeiro.

Mais informações: agendaonu2030@usp.br.

Sobre o projeto

O projeto Ribeirão Preto e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU vai realizar reuniões públicas de mobilização e debate sobre o processo de implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU na cidade e região.

Essa é uma iniciativa das Faculdades de Direito (FDRP), Economia, Administração e Contabilidade (FEA-RP) e de Medicina (FMRP) e do Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto (IEA-RP), todos da USP em Ribeirão Preto, em parceria com a Prefeitura e a Câmara Municipal de Ribeirão Preto, o Instituto Ribeirão 2030 e com governos e legislativos municipais e entidades da sociedade civil.

VOCÊ PODE GOSTAR ...