Seminário discute situação de refugiados em todo o mundo

Síria, Venezuela, Sudão. Países com características bem distintas, mas algo em comum: situações extremas que levam seus habitantes a abandonar suas casas e buscar refúgio em outros lugares, muitas vezes até outros países. Para discutir e refletir sobre a situação atual dos refugiados em todo o mundo, a Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEA-RP) da USP promove no dia 20 de novembro, a partir das 14h, no Espaço de Eventos do Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto (IEA-RP) da USP o seminário “Todo mundo já foi refugiado um dia: reflexões sobre a crise migratória e a Agenda 2030 da ONU”.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas neste link.

A programação do evento inclui uma mesa-redonda com a professora da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto (FDRP) da USP Cynthia Soares Carneiro, que integra o Grupo de Estudos Migratórios e Direitos do Trabalhador Estrangeiro no Brasil, e a jornalista especialista em jornalismo internacional pela Cogeae/PUC-SP Géssica Brandino, autora do blog Caminhos do Refúgio. O público poderá ainda participar de dinâmicas que simulam situações extremas enfrentadas pelos refugiados durante a fuga. Ao final, alunos da disciplina de Direito Internacional realizam uma mostra de pôsteres sobre o tema.

Segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), em 2018 cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo foram forçadas a deixar o lugar em que viviam em virtude de conflitos. Mais da metade delas são crianças e adolescentes. Segundo a Acnur, 57% dos refugiados do mundo vêm apenas de três países: Síria, Afeganistão e Sudão do Sul. No Brasil, a agência aponta que dobrou o número de pedidos de refúgio em 2018, na comparação com 2017, chegando a 80 mil pedidos.

O evento é realizado em parceria com o IEA-RP, a Superintendência de Gestão Ambiental (SGA) da USP e o Centro de Apoio ao Professor e Estudante Estrangeiro (CAPEE) da USP Ribeirão Preto.

Mais informações: iearp@usp.br ou (16) 3315 0368.

VOCÊ PODE GOSTAR ...