Professores da USP ensinam empreendedorismo em nova disciplina

Para inovar é preciso de técnica. Mais do que oferecer um laboratório para os alunos empreenderem, os professores Eduardo Zancul e Roseli Lopes vão ensinar os estudantes a criar produtos inovadores com conceitos do Design Thinking, método colaborativo e multidisciplinar que propõe que as necessidades do consumidor sejam entendidas.

Fazer protótipos para saber se as ideias se adequam ao que o consumidor deseja e investir em um projeto “azarão” – aquele em que ninguém apostaria, mas que, se bem executado, pode ser o mais inovador – estão entre as ações propostas aos alunos em uma nova disciplina optativa da Poli: Desenvolvimento Integrado de Produtos.

O curso foi inspirado nas experiências com o InovaLab@Poli e no projeto com Stanford e as inscrições, abertas no fim de 2013. Foram 141 inscritos para 60 vagas. “A procura foi maior do que a gente esperava e por alunos de diversas unidades, o que mostra o interesse em inovação”, afirma Zancul. As aulas começaram neste semestre e serão ministradas duas vezes por semana.

A proposta da disciplina é que ela seja interdisciplinar. Dez equipes de alunos devem criar soluções inovadoras para um desafio proposto por empresas. Cada equipe será composta por seis estudantes: três das Engenharias, um da Administração ou da Economia, um do Design ou da Arquitetura e mais um de outra unidade da USP. Segundo Zancul, estão sendo fechadas parcerias com empresas para que os alunos recebam demandas reais do mercado.

Acessado em: http://www.estadao.com.br/noticias/vida,professores-da-usp-ensinam-empreendedorismo-em-nova-disciplina,1134141,0.htm