Chamada de textos para o e-book
PANDEMÍDIA: Vírus, Contaminações e Confinamentos

a urgência de se pensar efeitos da pandemia na mídia contemporânea

Com PANDEMÍDIA, nós, integrantes do LabArteMídia, propomos a construção de uma coletânea que traga reflexões científicas acerca dos efeitos suscitados pela pandemia do Coronavírus na relação da sociedade com os recursos audiovisuais.

Queremos abraçar as contradições que vêm com tal acontecimento e dar vazão às reflexões seminais sobre um novo mundo que se descortina, através de um livro que contempla em seus capítulos questões que têm a mídia, o audiovisual, as esferas virtuais e linguagens que os circundam em um centro conceitual.

Dessa forma, oferecemos uma abertura para depoimentos subjetivos, análises dos novos instrumentos de vida e identificação de criações que despontam sobre este momento único na história, a partir da busca por respostas a perguntas que agora parecem inquietantes, tais quais: Será que estamos vivendo um novo paradigma das relações interpessoais e da comunicação? Como o audiovisual expandido está sendo utilizado para manter, de forma global, a rotina de trabalho, ensino e lazer da humanidade? E como tem sido utilizado, também, para gerar empatia e engajamento social? Como os efeitos da pandemia alteram, potencializam as mediações tecnológicas? Como se dá os rearranjos na relação do público contemporâneo com os meios jornalísticos, com a notícia em si e com os processos de desinformação? Como esse sistema instaura novos processos de exclusão de populações inteiras e de exploração do trabalho? Como os recursos tecnológicos ganham protagonismo diante da imposição de todo o planeta conectado e obrigado a pensar de forma emergencial – mas também permanente – seus funcionamentos estruturais vinculados a trabalho, educação e lazer? Como se dá o processo de exercício de poder pela figura do Estado, que parece autorizado a tomar decisões em proporções nunca vistas em tempos de paz? E, por fim, como o confinamento altera as relações com o ambiente digital, potencializando seus recursos e, ao mesmo, revelando suas contradições?

São questões elaboradas a partir do nosso entendimento de que o fenômeno ao qual denominamos PANDEMÍDIA não foi iniciado com o coronavírus, mas vem acontecendo como reflexo da revolução digital, que trouxe consigo uma profusão de telas (como computadores, celulares, tablets e aparelhos de TV) para a vida contemporânea, que agora torna possível o isolamento que hoje vivenciamos. Tal hipótese nos permite perguntar se o distanciamento social imposto seria possível – praticamente, socialmente e subjetivamente – se não houvesse as mediações tecnológicas e seus dispositivos.

Na urgência de refletir sobre o mundo e, consequentemente, seus ecossistemas naturais, culturais, políticos e sociais que, sabemos, não serão mais os mesmos, PANDEMÍDIA convida à reflexão no que tange aos aspectos midiáticos desta uma nova condição mundial.

Ficha Técnica
Páginas a definir
Formato: 16cm x 23cm
4 x 4 (colorido)
Formato digital (e-book)
ISBN Invisíveis Produções
https://issuu.com/invisiveisproducoes

Chamada de textos:
Livre em formato (ensaios, depoimentos, reflexões, ficções, ensaios imagéticos, etc)
Textos inéditos de até 15 mil caracteres (com espaço)
Imagens em 300dpi com mínimo de 23 cm (de altura)

Data limite de envio: PRAZO ESTENDIDO ATÉ 30/06/2020

Email para envio e contato:
labartemidia@gmail.com
danielcflima@usp.br