Simpósio Internacional Pensar e Repensar a América Latina

Breve História do Primeiro Simpósio Internacional Pensar e Repensar a América Latina

O Programa de Pós-Graduação em Integração da América Latina (PROLAM/USP) completou 25 anos no ano de 2013. Para comemorar a data , discentes e professores do PROLAM se reuniram e organizaram o Simpósio Internacional Pensar e Repensar a América Latina. A Comissão Organizadora foi composta pelas Profa. Dras. Dilma de Melo Silva, Lisbeth Ruth Rebollo Gonçalves e Vivian Urquidi e pelas alunas Maria Margarida Cintra Nepomuceno, Mayra Coan Lago e Thaís de Oliveira. A Comissão Científica principal, com os Coordenadores dos Seminários de Pesquisa, foi composta pelos Profs. Drs. Carlos Eduardo de Carvalho, Dennis de Oliveira, Dilma de Melo Silva, Flávio Rocha de Oliveira, Jean Ditzz, Joana Rodrigues, Luiz Antônio Dias, Luiz Antônio Lindo, Marilene Proença, Márcio Bobik Braga, Raquel Paz, Renato Seixas, Simone Rocha de Abreu, Wagner Menezes, Wagner Romão e Vivian Urquidi.
Além disto, o evento contou com a grande participação e ajuda dos demais discentes e egressos do PROLAM/USP, como Alessandra Oliveira, Ana Sofia Garcia Salas, Augusta Amengual, Claudia Marcela Blanco Tifaro, Fabiana Oliveira, Flávia Loss, Isabela Furegati Corrêa, Liana Milanez, Marcos Antônio Fávaro Martins, Paula Andrea Rodriguez Alvarado, Simone Rocha de Abreu, Wilbert Villca Lopez, entre tantos outros. Finalmente, contamos com o apoio e a ajuda de alunos de graduação da Universidade de São Paulo e da Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU), como Carla Ferraz, Cristina Omena, Hector Louzada, Jocarla Gomes, Marcelo Kaique de Oliveira Alves, Rejane Tozaki, Vinicius Custódio, entre outros.
O Simpósio foi realizado entre os dias 11 e 14 de novembro de 2014, no Complexo da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin e na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Dentre os objetivos do evento figuravam a comemoração dos 25 anos do Programa e a contribuição para o conhecimento das pesquisas e dos pesquisadores, que se dedicavam ao estudo da América Latina, tal como a divulgação das pesquisas realizadas no Programa.
O Primeiro Simpósio foi composto por treze Seminários de Pesquisa e quatro Palestras de pesquisadores reconhecidos nacional e internacionalmente a saber: Armando Silva, da Universidade Nacional de Colombia e Universidad Externado de Colombia; Amalia Inés Geraiges de Lemos, da Faculdade de Geografia da Universidade de São Paulo; André Roberto Martin, da Faculdade de Geografia, da Universidade de São Paulo; Celso Lafer, da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo e Ministro das Relações Exteriores do Governo de Fernando Henrique Cardoso; Raúl Bernal-Meza, da Universidad Nacional del Centro de la Provincia de Buenos Aires e da Universidad de Buenos Aires; e Sedi Hirano, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, da Universidade de São Paulo. Na ocasião, os primeiros Professores do Prolam, da época da fundação do programa também foram homenageados, recebendo a homenagem por seus primeiros orientandos no Programa.
O Simpósio reuniu mais de 500 pessoas, de mais de 70 universidades nacionais e estrangeiras, como Universidade de São Paulo (USP); Universidade Estadual Paulista «Júlio de Mesquita Filho» (UNESP); Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP); Instituto Federal de São Paulo (IFSP); Fundação Santo André; Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP); Universidade Presbiteriana Mackenzie; Universidade Santo Amaro (Unisa); Universidade Anhembi Morumbi; Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU); FIAM-FAAM Centro Universitário; Damásio Educacional (Damásio de Jesus); Sociedade Científica de Estudos da Arte (CESA); Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA); Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL); UNINTER; Universidade Zumbi dos Palmares; Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP); Universidade de Franca (UNIFRAN); Universidade Metodista de Piracicaba; Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR); Centro Universitário de Araras «Dr. Edmundo Ulson» (UNAR); Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ); Universidade Federal Fluminense (UFF); Escola de Guerra Naval (CEPE); Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET/RJ); Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RIO); Unilasalle-Rio de Janeiro; Universidade Federal do Espírito Santo (UFES); Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG); Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP); Universidade Federal de Pelotas (UFPEl); Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF); Universidade Federal da Bahia (UFBA); Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS); Faculdade Baiana de Direito; Universidade Federal de Sergipe (UFS); Universidade Federal de Pernambuco (UFPE); Universidade Estadual da Paraíba (UEPB); Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN); Universidade Federal do Amapá (UNIFAP); Universidade de Brasília (UnB); Universidade de Grande Dourados (UFGD); Universidade Federal de Goiás (UFG); Instituto Federal de Goiás (IFG); Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS); Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE); Universidade Estadual de Londrina (UEL); Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS); Universidade Federal da Fronteira do Sul (UFFS); Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); Universidade Comunitária da Região de Chapecó (UNOCHAPECO); Universidade Federal de Santa Maria (UFSM); Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA). Dentre as universidade estrangeiras figuram: Facultad Latinoamericana de Ciencias Sociales (FLACSO-Argentina); Universidad Nacional de La Plata, Argentina; Universidad Nacional de San Martin, Argentina; Universidad de Tucumán, Argentina; Universidad Nacional de Tres de Febrero (UNTREF); Universidad de la Sabana, Bogotá; Pontificia Universidad Javeriana de Colombia; Universidad Andina Simón Bolívar, Quito; Universidad Autónoma de Chile; Universidad Católica Silva Henríquez, Chile (UCSH); Universidade de Coimbra (UC); Universidade Nova de Lisboa (UNL).
Acompanhe abaixo os documentos detalhados do Primeiro Simpósio:

Materiais do dia do evento:

Programação resumida: Clique aqui

Cadernos de programação: Clique aqui

Anais do Primeiro Simpósio

Clipping

 Palestras (11-14/11/ 2014):  Palestrantes, fotos e vídeos

 

(11/11/2014)- Coral da Universidade de São Paulo

 

983807_979291105420534_4815767518029413590_nAbertura do evento, com o coral da Universidade de São Paulo

 

(11/11/2014): Mesa de Abertura “Pensar a América Latina: a criação e atuação do PROLAM/USP”

Local: Auditório “István Jancsó” Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, Cidade Universitária, São Paulo.

Convidados: Adelaide Faljoni-Alario (Coordenadora da Área Interdisciplinar da Capes), Bernadette Dora Gombossy de Melo Franco (Pró-Reitora de Pós-Graduação da USP), José Goldemberg (Reitor da USP entre 1986-1990), Isilia Aparecida Silva (Coordenadora da área Interunidades da USP), Lisbeth Ruth Rebollo Gonçalves (PROLAM-ECA/USP), Maria Cristina Cacciamali (PROLAM-FEA/USP), Maria Lucia Zaidan Dagli (Suplente da Coordenação da Área Interunidades da USP) e Sedi Hirano (PROLAM-FFLCH/USP).

DSC_0769Imagem 1: Mesa de Abertura do Simpósio Internacional Pensar e Repensar a América Latina.

Mesa de Abertura_1

Imagem 2: Profa. Dra. Lisbeth Ruth Rebollo Gonçalves, atual Coordenadora do PROLAM/USP (canto superior esquerdo); Profa. Dra. Maria Cristina Cacciamali, Coordenadora do PROLAM/USP entre os anos 1996-2013 (canto superior direito); e Prof. Dr. Sedi Hirano, Coordenador do PROLAM/USP entre os anos 1995-1996 (canto inferior).

(11/11/2014): Culturas Urbanas na América Latina e os Imaginários que nos habitam

Local: Auditório “István Jancsó” Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, Cidade Universitária, São Paulo.

Coordenadora: Profa. Dra Dilma de Melo Silva (ECA-PROLAM/USP).

Palestrante:  Armando Silva (Universidade Nacional da Colômbia/ Universidad Externado de Colombia)

É Phd em Filosofia e Literatura Comparada pela Universidade da Califórnia. Atualmente é Pesquisador, Professor Emérito da Universidade Nacional da Colômbia e Professor da Faculdade de Ciências Humanas da Universidad Externado de Colombia, onde dirige o projeto de Doutorado Estudos Sociais e Urbanos. Autor de vários livros e ensaios sobre temas urbanos e de estética contemporânea. Entre estes, 16 foram publicados com tradução para o inglês, português, italiano, francês e alemão. Dentre eles estão Imaginarios Urbanos (com dez edições) e Family Photo Album, ganhador do prêmio de melhor tese de Doutorado da Universidade da Califórnia (UMI, California, 1996). Suas obras foram premiadas e reconhecidas pela UNESCO, Convenio Andrés Bello, Fundación Tãpies de Barcelona, Museu de Arte Contemporânea em São Paulo e Banco da República em Bogotá.

DSC_0798Imagem 3: Palestra de Abertura, «Culturas Urbanas na América Latina e os Imaginários que nos habitam»ministrada pelo Prof. Dr. Armando Silva e comentada pela Profa. Dra. Dilma de Melo Silva.

Palestra Armando Silva

Imagem 4: Palestra «Culturas Urbanas na América Latina e os Imaginários que nos habitam»ministrada pelo Prof. Dr. Armando Silva.

Palestra disponível em:  <a href=»https://www.youtube.com/watch?v=KNOFlHI7HyQ

(12/11/2014): Pensamento Político-Social Latinoamericano e as novas formas de integração 

Local: Auditório “István Jancsó” Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, Cidade Universitária, São Paulo.

Palestrantes

Amalia Inés Geraiges de Lemos ( GEOGRAFIA/USP)

Possui graduação em Geografia – Universidad de Cuyo Mendoza (1963), mestrado em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo (1972) e doutorado em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo (1980). Atualmente é professor convidado – Universidad de Barcelona, coordenadora de projeto da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, professor titular da Universidade de São Paulo e professor convidado – Universidad Complutense de Madrid. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Humana, atuando principalmente nos seguintes temas: geografia, geografia urbana, modernidade, metropóles, comérico e consumo, espaço e globalização.

Sedi Hirano (FFLCH/USP)

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (1964), mestrado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (1972) e doutorado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (1987). Foi diretor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (2002-2005) e Pró-reitor de Cultura e Extensão (2005-2007) da Universidade de São Paulo. É professor emérito da Universidade de São Paulo (2010), presidente do Conselho Editorial de Cadernos PROLAM/USP e foi membro do Conselho Superior da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (2006-2012). Atualmente é coordenador executivo do Programa de Bolsas de Intercâmbio para Alunos de Graduação da Universidade de São Paulo (2012), membro do Conselho Universitário da Universidade de Campinas, membro do Conselho Editorial da Editora da USP. Possui experiência na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia do Desenvolvimento, atuando principalmente nos seguintes temas: América Latina, Leste Asiático, desigualdade, pobreza, trabalho e violência. Proferiu inúmeras conferências e palestras nas seguintes universidades: Universidade de Harvard, Universidade de Bologna, Universidade de Gênova, Universidade de Salamanca, Universidade de Barcelona, Universidade de Sevilla, Universidade de Huelva, Universidade de Coimbra, Universidade Sophia, Universidade de Kyushu, Universidade de Osaka, Universidade de Kyoto de Estudos Estrangeiros, Universidade de Buenos Aires, Universidade de Guadalajara, Universidade de Santiago de Chile, Universidade Ricardo Palma, etc. Foi professor titular visitante do Departamento de Estudos Brasileiros da Universidade de Tenri, Japão (1995-1997).

Palestra Amalia e Sedi

Imagem 5: Palestra «Pensamento Político-Social Latinoamericano e as novas formas de integração», ministrada pelo Prof.Dr. Sedi Hirano e Profa.Dra. Amalia Inés Geraiges de Lemos e coordenada pela Profa.Dra. Marilene Proença.

Palestra disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=505_LxtyqU0

(13/11/2014): Novas correntes de pensamento nas Relações Internacionais da América Latina

Local: Auditório “István Jancsó” Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, Cidade Universitária, São Paulo.

Coordenadora: Prof. Dr. Wagner Tadeu Iglesias (PROLAM/USP).

Palestrantes

André Roberto Martin (FFLCH/USP)

Graduação em Geografia pela Universidade de São Paulo (1977), mestrado em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo (1984) e doutorado em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo (1993). Livre docente em Geografia Política (professor associado) da Universidade de São Paulo, desde 2007. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Regional e Política. Coordenador do Programa de Pós graduação em Geografia Humana da FFLCH-USP (2007 a 2009) e Chefe do Departamento de Geografia (2010 a 2012), iniciando segundo mandato em 2013. Tem livros e textos publicados sobre geografia política e geografia regional, enfocando os temas do regionalismo, do federalismo, das fronteiras e da geopolítica global.

Raúl Bernal-Meza (Universidad Nacional del Centro de la Provincia de Buenos Aires/ Universidad de Buenos Aires)

Professor titular da Universidad Nacional del Centro de la Provincia de Buenos Aires e da Universidad de Buenos Aires, Professor visitante de diversas Universidades na América Latina e Europa. Pesquisador associado do Instituto de Estudos Internacionais da Universidad Arturo Prat (Chile). Realiza estudos nas Universidades de Sorbonne-Nouvelle, a partir da FLACSO-Argentina e Universidade Católica Argentina. Autor de mais de cem artigos em revistas científicas e de mais de quinze livros sobre temas internacionais. Dentre os livros mais recentes estão: América Latina en el mundo. El pensamiento latinoamericano y la teoría de relaciones internacionales (Buenos Aires, Nuevohacer/Grupo Editor Latinoamericano, 2013, Reedición); Regionalismo y Orden Mundial: Suramérica Europa, China (co-editado con Silvia Quintanar; Buenos Aires, Universidad Nacional del Centro de la Provincia de Buenos Aires y Nuevohacer/Grupo Editor Latinoamericano, 2013); Asuntos de América Latina (co-editado con Silvia Alvarez; Santiago, Universidad de Santiago de Chile, 2012).

Palestra Bernal e Martin

Imagem 6: Palestra «Novas correntes de pensamento nas Relações Internacionais da América Latina», ministrada pelo Prof. Dr. Raúl Bernal-Meza e Prof.Dr. André Martin, coordenada pelo Prof.Dr. Wagner Iglesias.

Palestra disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=88qaMPDMvVs

(14/11/2014): A Política Externa do Brasil para a América Latina 

Local: Auditório “István Jancsó” Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, Cidade Universitária, São Paulo.

Coordenador: Prof.Dr. Umberto Celli Junior (DIREITO/USP)

Palestrante: Celso Lafer

Celso Lafer (São Paulo, 1941), professor emérito do Instituto de Relações Internacionais da USP foi, até a sua aposentadoria em 2011, professor titular do Departamento de Filosofia e Teoria Geral do Direito da Faculdade de Direito da USP, na qual estudou (1960-1964) e na qual começou a lecionar, em 1971, Direito Internacional e Filosofia do Direito. Obteve o seu MA (1967) e o seu PhD (1970) em Ciência Política na Universidade de Cornell (EUA); a livre-docência em Direito Internacional Público na Faculdade de Direito da USP em 1977 e a titularidade em Filosofia do Direito em 1988.

Foi Ministro de Estado das Relações Exteriores em 1992 e, nesta condição, Vice-Presidente ex-officio da Conferência da ONU sobre Meio-Ambiente e Desenvolvimento, a Rio-92. Na sua segunda gestão no Itamaraty (2001-2002) chefiou a delegação brasileira à Conferência Ministerial da OMC em Doha, que deu início à Rodada de Doha. Em 1999 foi Ministro de Estado do Desenvolvimento, Indústria e Comércio. De 1995 a 1998 foi Embaixador, Chefe da Missão Permanente do Brasil junto às Nações Unidas e à Organização Mundial do Comércio em Genebra. Em 1996 foi o Presidente do Órgão de Solução de Controvérsias da Organização Mundial do Comércio e, em 1997, foi Presidente do Conselho Geral da Organização Mundial do Comércio.

É, desde agosto de 2007, Presidente da FAPESP-Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Preside o Conselho Deliberativo do Museu Lasar Segall e o Conselho Editorial da revista Política Externa, da qual foi co-editor com Gilberto Dupas (2000-2008). Integra, desde 2005, o Conselho de Administração de Klabin. De 2007 até julho de 2011 foi Vice-presidente do Conselho de Administração da Associação Pinacoteca Arte e Cultura e, desde 2012, integra seu Conselho Consultivo. De 2005 até 2011 foi membro do Conselho de Administração da Fundação Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Fundação OSESP).

Doutor honoris causa da Universidade de Buenos Aires (2001), da Universidade Nacional de Córdoba, Argentina (2002), da Universidade de Tres de Febrero-UNTREF, Argentina (2011), da Universitè Jean Moulin Lyon 3, França (2012), da Universidade de Haifa (2014), da Universidade de Birmingham (2014) e Honorary Fellow da Universidade Hebraica de Jerusalém (2006). Recebeu, em 2001, o prêmio Moinho Santista da Fundação Bunge na área de Relações Internacionais. Em 2006 foi titular da cátedra “Países e Culturas do Sul” do Centro John W. Kluge da Biblioteca do Congresso dos EUA. É membro titular da Academia Brasileira de Ciências, eleito em 2004 e da Academia Brasileira de Letras, eleito em 2006.

Palestra Celso Lafer

Imagem 7: Palestra «A política externa do Brasil para a América Latina» ministrada pelo Prof.Dr. Celso Lafer e comentada pelo Prof. Dr. Umberto Celli.

Palestra disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=r5qV19veIAE

(14/11/2014): Mesa de Encerramento: “Repensar a América Latina”

Local: Auditório “István Jancsó” Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, Cidade Universitária, São Paulo.

Convidada: Lisbeth Ruth Rebollo Gonçalves (PROLAM-ECA/USP)

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (1970), mestrado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (1978) e doutorado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (1985). Atualmente é professora titular da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Outras Sociologias Específicas, atuando principalmente nos seguintes temas: arte brasileira, arte contemporanea, crítica de arte, artista brasileiro e arte contemporânea. Foi Diretora do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo de 1994 a 1998 e de 2006 a 2010. Atualmente é Presidente da Associação Brasileira de Críticos de Arte – ABCA e Vice Presidente da Associação Internacional de Criticos de Arte – AICA.  Atualmente é Coordenadora do Programa de Pós-Graduação Interunidades em Integração da América Latina da Universidade de São Paulo-PROLAM/USP.

DSC_0189Imagem 10: Mesa de Encerramento «Repensar a América Latina».

Seminários de Pesquisa (12-14/11/2014) – Fotos

 

20141113_101648Seminário de Pesquisa 1: «Lutas e Emancipações Sociais na América Latina», sob Coordenação da Profa.Dra. Vivian Urquidi.

20141113_123321Seminário de Pesquisa 3: Relações Internacionais e Política Externa na América Latina, sob Coordenação do Prof.Dr. Flávio Rocha.

20141114_102142Seminário de Pesquisa 6: Identidades e representações na América Latina, sob Coordenação do Prof.Dr. Renato Seixas.

20141112_100217Seminário de Pesquisa 10: «Populismos, Ditaduras, Democracias e Direitos Humanos na América Latina», sob Coordenação do Prof. Dr. Luiz Antônio Dias e Profa. Dra. Raquel Paz dos Santos.

20141112_112923Seminário de Pesquisa 10: «Populismos, Ditaduras, Democracias e Direitos Humanos na América Latina», sob Coordenação do Prof. Dr. Luiz Antônio Dias e Profa. Dra. Raquel Paz dos Santos.

10730845_979798958703082_4180969965390331425_nSeminário de Pesquisa 12: «Reformas e Liberalização na América Latina: História, Balanço, Perspectivas», sob Coordenação do Prof. Dr. Carlos Eduardo Ferreira de Carvalho.

 Comissão Organizadora e Comissão de Apoio

 

DSC_0288Imagem 11: Comissão Organizadora e parte da Comissão de Apoio do Simpósio Internacional Pensar e Repensar a América Latina

10376838_979293502086961_2580414261205322932_n

Imagem 12: Mais uma parte da Comissão Organizadora e de Apoio