Oficina “Aspirantes a pesquisadoras”

Qualquer área da ciência, humana, exata ou biológica, também é espaço para as mulheres

No dia 8 de março de 2021, dia internacional das mulheres, as pesquisadoras Elysandra Figueredo Cypriano, docente do Departamento de Astronomia do IAG/USP; Ester Borges, mestranda do Departamento de Ciência Política da FFLCH; Gabriela Ferreira, doutora em Relações Internacionais pelo IRI-USP e Janina Onuki, diretora do Instituto de Relações Internacionais da USP, trocaram experiências pessoais e profissionais com alunas do Ensino Médio de escolas públicas do estado de São Paulo. 

Na ocasião, as pesquisadoras instigaram a participação das meninas na ciência, tecnologia e inovação, pois a conjuntura atual do ambiente acadêmico exige uma maior representatividade, no caso a inclusão de mais mulheres nesse universo. Para isso, é necessário ressaltar que os modelos de trajetória feminina na ciência que temos hoje servem apenas como inspiração às pessoas, uma vez que esses modelos não são e nem devem ser simplesmente reproduzidos, visto que cada ser humano tem um potencial que o caracteriza. Tal realidade requer uma mudança de cultura escolar com o intuito de envolver novas histórias femininas dentro do contexto científico. 

Confira abaixo: