Escritório de Desenvolvimento de Carreiras

Pró-Reitoria de Graduação

Universidade de São Paulo

Escritório de Desenvolvimento de Carreiras

Pró-Reitoria de Graduação

Universidade de São Paulo

PESQUISAS

Sobre a carreira de estudantes no Ensino Regular

Pesquisa realizada entre 2016 e 2017 em escolas públicas e privadas em diversos estados brasileiros buscou investigar se o tema “Gestão e planejamento de carreiras dos alunos no Ensino Médio” é debatido nas instituições de ensino regular. Como foco de análise, a professora Tania Casado, diretora do Escritório de Desenvolvimento de Carreiras da Universidade de São Paulo e responsável pela averiguação elaborou um questionário direcionado a gestores e coordenadores de escolas de nível básico a fim de entender detalhes do envolvimento de alunos, pais e professores no aprimoramento de suas carreiras.

Na apuração das ações realizadas para fomentar a discussão a respeito das carreiras no ensino regular, tanto em públicas quanto nas privadas constatou-se que as escolas componentes desta amostra oferecem auxílio profissional apenas em questões mais práticas, tais como convites de pessoas experientes no mercado para realizarem palestras em suas instituições e visitas às universidades como forma de contato com as formações acadêmicas disponíveis.

Entre outras características, nas escolas privadas a consideração sobre carreiras se inicia mais cedo, no Ensino Fundamental II, com maior engajamento de alunos e pais nesse processo. No entanto, em escolas públicas tal realidade se aplica no Ensino Médio e possui geralmente menos envolvimento por parte de alunos e pais. Apesar dessa diferença, ambos os perfis compartilham a necessidade de discutir autoconhecimento e gestão de carreira de forma integrada entre família e escola (alunos e professores).

Por Ricardo da Silva Domingos

PESQUISAS

Sobre a carreira de estudantes no Ensino Regular

Pesquisa realizada entre 2016 e 2017 em escolas públicas e privadas em diversos estados brasileiros buscou investigar se o tema “Gestão e planejamento de carreiras dos alunos no Ensino Médio” é debatido nas instituições de ensino regular. Como foco de análise, a professora Tania Casado, diretora do Escritório de Desenvolvimento de Carreiras da Universidade de São Paulo e responsável pela averiguação elaborou um questionário direcionado a gestores e coordenadores de escolas de nível básico a fim de entender detalhes do envolvimento de alunos, pais e professores no aprimoramento de suas carreiras.

Na apuração das ações realizadas para fomentar a discussão a respeito das carreiras no ensino regular, tanto em públicas quanto nas privadas constatou-se que as escolas componentes desta amostra oferecem auxílio profissional apenas em questões mais práticas, tais como convites de pessoas experientes no mercado para realizarem palestras em suas instituições e visitas às universidades como forma de contato com as formações acadêmicas disponíveis.

Entre outras características, nas escolas privadas a consideração sobre carreiras se inicia mais cedo, no Ensino Fundamental II, com maior engajamento de alunos e pais nesse processo. No entanto, em escolas públicas tal realidade se aplica no Ensino Médio e possui geralmente menos envolvimento por parte de alunos e pais. Apesar dessa diferença, ambos os perfis compartilham a necessidade de discutir autoconhecimento e gestão de carreira de forma integrada entre família e escola (alunos e professores).

Por Ricardo da Silva Domingos

Local da Unidade:
Endereço: R. da Praça do Relógio, 109
Cidade Universitária – Butantã
São Paulo – SP
CEP 05508-050
Telefones:  (11) 2648-0992 e 2648-0488

Local da Unidade
Endereço: R. da Praça do Relógio, 109
Cidade Universitária – Butantã
São Paulo – SP
CEP 05508-050
Telefones: 
(11) 2648-0992 e 2648-0488