Site da USP
Programa de Pós-Graduação em Psicologia Universidade de São Paulo Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Facebook

Cursos


Qual é a concepção pedagógica da estrutura curricular do Programa?

A estrutura curricular ancora-se numa postura político-pedagógica que privilegia a construção de percursos formativos flexíveis, orientados pelo interesse dos/as pós-graduandos/as. Essa perspectiva busca promover, como parte do processo de ensino-aprendizagem na PósGraduação, uma construção responsável da autonomia em pesquisa e docência. Os/as alunos/as e seus/suas respectivos/as orientadores elegem as disciplinas que atendem as suas necessidades de formação, considerando que o PPGP recebe alunos/as com formações profissionais variadas e com demandas específicas em termos de conteúdo e relativas ao projeto de pesquisa. O/a mestrando/a deverá cursar uma disciplina obrigatória, logo após os eu ingresso: “Metodologias de Pesquisa em Psicologia”.

Como é a estrutura curricular do Mestrado?

A estrutura curricular do PPGP é composta por uma rede diversificada de disciplinas, atendendo aos cursos de Mestrado e de Doutorado, de modo a estimular a coparticipação nas atividades didáticas de formação na pós-graduação.

A Estrutura Curricular do PPGP organiza-se em torno das duas áreas de concentração: ÁREA 1 – PSICOLOGIA EM SAÚDE E DESENVOLVIMENTO; ÁREA 2 – PSICOLOGIA, PROCESSOS CULTURAIS E SUBJETIVAÇÃO. Cada Área possui Linha de Pesquisa e Eixo Estruturante que orientam a distribuição das disciplinas em Núcleo Básico e Núcleo Específico. As disciplinas do Núcleo Básico oferecem conhecimentos mínimos necessários para o cumprimento da dupla função e dos objetivos da Pós-Graduação, e nesse sentido organizam-se em duas ênfases: formação para a atuação como pesquisador (questão metodológica); formação para a docência. O Núcleo Específico é organizado por um conjunto de disciplinas articuladas em ênfases que expressam as potencialidades do corpo docente do Programa frente às possibilidades investigativas na Área.

Os/as mestrandos/as devem cumprir 28 créditos em disciplinas

Qual o prazo para o desenvolvimento do projeto de Mestrado no Programa?

O prazo para a conclusão do Mestrado é de no mínimo 12 meses e no máximo 33 meses

Quantos créditos são necessários para o Mestrado?

O/a aluno/a de Mestrado deverá integralizar 96 (noventa e seis) unidades de créditos, no mínimo, sendo 28 (vinte e oito) unidades de crédito em disciplinas e 68 (sessenta e oito) unidades de crédito relativas à elaboração da dissertação.

Qual é a concepção pedagógica do curso de Doutorado?

A estrutura curricular ancora-se numa postura político-pedagógica que privilegia a construção de percursos formativos flexíveis, orientados pelo interesse dos/as pós-graduandos/as. Essa perspectiva busca promover, como parte do processo de ensino-aprendizagem na PósGraduação, uma construção responsável da autonomia em pesquisa e docência. Uma única disciplina é obrigatória no Doutorado: “Universidade, Ensino, Formação e Produção do Conhecimento”, que contribui para uma formação que articula pesquisa e docência no nível superior.

Também o incentivo à interação entre alunos/as de diferentes níveis de formação reflete-se na estrutura curricular do PPGP que permite que as disciplinas sejam dirigidas para o Mestrado e para o Doutorado, com foco na construção do conhecimento e nos avanços científicos na área da Psicologia.

Como é a estrutura curricular do Doutorado?

A estrutura curricular do PPGP é composta por uma rede diversificada de disciplinas, atendendo aos cursos de Mestrado e de Doutorado, de modo a estimular a coparticipação nas atividades didáticas de formação na pós-graduação

A Estrutura Curricular do PPGP organiza-se em torno das duas áreas de concentração: ÁREA 1 – PSICOLOGIA EM SAÚDE E DESENVOLVIMENTO; ÁREA 2 – PSICOLOGIA, PROCESSOS CULTURAIS E SUBJETIVAÇÃO. Cada Área possui Linha de Pesquisa e Eixo Estruturante que orientam a distribuição das disciplinas em Núcleo Básico e Núcleo Específico. As disciplinas do Núcleo Básico oferecem conhecimentos mínimos necessários para o cumprimento da dupla função e dos objetivos da Pós-Graduação, e nesse sentido organizam-se em duas ênfases: formação para a atuação como pesquisador (questão metodológica); formação para a docência. O Núcleo Específico é organizado por um conjunto de disciplinas articuladas em ênfases que expressam as potencialidades do corpo docente do Programa frente às possibilidades investigativas na Área.

Os/as doutorandos/as devem cumprir 16 créditos. No caso de Doutorado Direto, o/a aluno/a deve cumprir 44 créditos em disciplinas.

Qual o prazo para o desenvolvimento do projeto de Doutorado no Programa?

Para o Doutorado, o prazo mínimo para conclusão é de 24 meses e máximo de 45 meses; para Doutorado Direto, os prazos para defesa são mínimo de 24 meses e máximo de 56 meses.

Quantos créditos são necessários para o Doutorado?

O/a aluno/a de Doutorado deverá integralizar 160 (cento e sessenta) unidades de créditos, no mínimo, sendo 16 (dezesseis) unidades de crédito em disciplinas e 144 (cento e quarenta e quatro) unidades de crédito relativas à elaboração da tese. No caso do Doutorado Direto, é necessário o cumprimento de 192 (cento e noventa e duas) unidades de crédito, sendo 44 (quarenta e quatro) em disciplinas e148 (cento e quarenta e oito) na tese.


INSTRUÇÃO PARA ALUNOS ESPECIAIS:

Alunos especiais são aqueles matriculados apenas em disciplinas isoladas sem vínculo com qualquer Programa de Pós-Graduação da USP.

O INTERESSADO DEVERÁ PROVIDENCIAR:

DOCUMENTAÇÃO: Através de requerimento disponível no site da Faculdade: www.ffclrp.usp.br – Pós-Graduação – Formulários, Aluno Especial Pré-Matrícula, acompanhado da documentação obrigatória abaixo:

a) Diploma do Curso Superior (frente e verso) ou Atestado de Conclusão com data de Colação de Grau (na data da pré-matrícula o aluno já deverá ter colado grau); – (cópia simples)

b) Cédula de Identidade (a carteira de habilitação não é aceita para fins acadêmicos); – (cópia simples)

c) CPF; – (cópia simples) – não será aceito carteira de motorista.

d) Título de Eleitor; – (cópia simples)

e) Certificado de Reservista; – (cópia simples)

f) uma foto 3 x 4 (não será aceita foto digitalizada)

g) alunos de Graduação da USP só poderão cursar disciplinas desde que estejam realizando Iniciação Científica, para isso deverão trazer carta de encaminhamento do orientador à CPG, solicitando autorização de sua pré-matrícula, certificando que o aluno realiza atividades de iniciação científica. Se estiver cursando pós-graduação “stricto sensu” em instituição pública, trazer “Atestado de Matrícula”.

LOCAL: A pré-matrícula será feita pessoalmente pelo candidato, ou via correio, para a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto – Serviço de Pós-Graduação (Endereço: Avenida Bandeirantes, 3900 – Campus da USP – Serviço de Pós-Graduação à Rua Clóvis Vieira Casa 37 – Ribeirão Preto – SP, CEP: 14040-901).

HORÁRIO: das 08 às 12:00 e das 13:30 às 17:00 horas.

RESULTADO DA SELEÇÃO DE PRÉ-MATRÍCULA: O candidato deverá entrar em contato no Serviço de Pós-Graduação, através do e-mail (posgraduacao@listas.ffclrp.usp.br , uma semana antes do início da disciplina.

– NÃO SERÃO ACEITAS PRÉ-MATRÍCULAS COM DOCUMENTAÇÃO INCOMPLETA FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE RIBEIRÃO PRETO/USP PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA DISCIPLINAS DO 1º SEMESTRE DE 2017 3 – ESTE SERVIÇO DE PÓS-GRADUAÇÃO NÃO PROVIDENCIARÁ CÓPIA DE DOCUMENTOS.

Clique aqui para acessar ao Material Didático, no Portal FFCLRP.

COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO DE BOLSAS

Clarissa Mendonça Corradi-Webster
Carmen Lúcia Cardoso
Érika Arantes de Oliveira Cardoso
Lucy Leal Melo Silva
Tamires Zar (representante discente)


BOLSAS – MESTRADO

O Programa de Pós-graduação em Psicologia possui bolsas de Demanda Social (Cota Institucional) de Mestrado da CAPES e do CNPq. O valor mensal da bolsa de Mestrado é estipulado pelas agências de fomento e pode durar até 24 meses.

Além dessas, é possível obter bolsas de Mestrado e Doutorado por meio de solicitações específicas para a FAPESP e outras agências de fomento à pesquisa, sendo iniciativa própria do/a aluno/a e de seu/sua orientador/a.

O/a aluno/a ingressante no Mestrado deve declarar, em até 4 dias úteis após o período oficial de matrícula, interesse em bolsa a partir de formulário específico a ser entregue na Secretaria de Programa. Assim, o/a aluno ingressante entrará na lista de candidatos/as ao recebimento de bolsas CAPES e CNPq de Demanda Social, sendo que os/as alunos/as que manifestaram interesse no semestre anterior e que ainda não foram contemplados permanecerão na lista atualizada.

A classificação dos/as mestrandos/as interessados/as em pleitear as bolsas será realizada mediante o cálculo de duas avaliações:

  • 1 – Nota final (de 0 a 10) da seleção de Mestrado, com peso 2;
  • 2 – Nota (de 1 a 10) referente ao tempo de matrícula no PPG (contado a partir da data de matrícula no Sistema Janus), com peso 1. Essa nota será calculada considerando o valor de 0,30, que corresponde à nota máxima (10) dividida pelo número de meses máximo para o Mestrado (33 meses). Portanto, refere-se à nota de cada mês corrido a partir do tempo de matrícula do candidato. Assim, o número de meses em que o/a candidato/a já está realizando suas atividades de mestrado a partir do mês de matrícula será multiplicado pelo valor 0,30 e o resultado será considerado a nota do tempo de matrícula. Alunos/as ingressantes, no primeiro processo de seleção de bolsas, serão considerados como tendo um mês de matrícula, para fins de cálculo da nota.

Cálculo das notas: a Comissão de Bolsas do Programa realizará o cálculo da nota final para a lista de classificação para distribuição das bolsas, que será composta da seguinte forma:

[(nota final do processo seletivo de ingresso na PG X 2) + (nota do tempo de matrícula X 1)] / 3

Em caso de empate de dois ou mais alunos/as, será considerada como primeiro critério para esempate a maior nota final do projeto de pesquisa no processo seletivo do/a aluno/a. Como segundo critério para desempate será considerado o maior tempo de matrícula no Programa. Cada aluno/a poderá manifestar interesse no processo em que foi selecionado e no seguinte.

A lista classificatória dos/as alunos/as interessados/as em bolsas será atualizada cinco dias úteis após a finalização do prazo destinado à declaração de interesse dos/as alunos/as, e terá validade a contar de sua publicação no mural da Secretaria do Programa de Pós-Graduação em Psicologia, até a divulgação de nova classificação

Casos omissos neste documento serão resolvidos em reunião ordinária da CCP.

BOLSAS – DOUTORADO

O Programa de Pós-graduação em Psicologia possui bolsas de Demanda Social (Cota Institucional) de Doutorado da CAPES e do CNPq. O valor mensal da bolsa de Doutorado é estipulado pelas agências de fomento. A bolsa pode durar até 48 meses.

Ao ser aprovado/a no processo seletivo, ou tendo sido aprovado/a em mudança de curso de Mestrado para Doutorado, o/a aluno/a deve declarar interesse em bolsa, em até 5 dias úteis, após a divulgação do resultado de cada processo seletivo de Doutorado ou homologação de mudança de curso pela Comissão de Pós-Graduação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, a partir de formulário específico a ser entregue na Secretaria do Programa (modelo disponível em http://sites.usp.br/psicologiarp/formularios-2/).

A classificação dos/as doutorandos/as interessados/as em pleitear as bolsas será realizada mediante o cálculo de duas avaliações: 1 – nota final (de 0 a 10) da seleção de Doutorado (ou de Mestrado, no caso de mudança de curso de Mestrado para Doutorado Direto), com peso 2; 2 – nota (de 1 a 10) referente ao tempo de desenvolvimento das atividades no doutorado, com peso 1. Para o/a aluno/a regular do Doutorado, essa nota será calculada considerando o valor de 0,22 para cada mês a partir da matrícula, que corresponde à nota máxima (10) dividida pelo número de meses máximo para o Doutorado (45 meses). Para o/a aluno/a que tenha mudado de curso (mestrado para doutorado) será considerado o tempo a partir da data da homologação do Exame de Qualificação no Mestrado, considerando o mesmo valor de 0,22 para cada mês. Alunos/as ingressantes serão considerados como tendo um mês de matrícula, para fins de cálculo da nota.

Cálculo das notas: a Comissão de Bolsas do Programa realizará o cálculo da nota final para a lista de classificação para distribuição das bolsas, que será composta da seguinte forma:

[(nota final do processo seletivo de ingresso na PG X 2) + (nota do tempo de matrícula X 1)] / 3

Em caso de empate de dois ou mais alunos/as, será considerada como primeiro critério para desempate a maior nota final do projeto de pesquisa no processo seletivo do aluno. Como segundo critério para desempate será considerado o maior tempo de matrícula no Programa.

A lista classificatória dos/as alunos/as interessados/as em bolsas será atualizada após cada processo seletivo. A data de divulgação da lista será de 5 dias úteis após o término do prazo para declaração de interesse dos/as alunos/as. O/a aluno/a em mudança de curso de Mestrado para Doutorado, entrará na primeira lista posterior à sua manifestação de interesse. A lista terá validade a contar de sua publicação no mural da Secretaria do Programa de Pós-Graduação em Psicologia, até a divulgação de nova classificação proveniente do processo seletivo seguinte. O tempo de permanência na fila de espera para bolsa será de dois anos, a contar da data de matricula do/a aluno/a, ou de mudança de curso de Mestrado para Doutorado.

Além dessas, é possível obter bolsas de Mestrado e Doutorado por meio de solicitações específicas para a FAPESP ou outras agências de fomento à pesquisa, sendo iniciativa própria do/a aluno/a e de seu/sua orientador/a.

Casos omissos neste documento serão resolvidos em reunião ordinária da CCP.